Posts marcados ‘Tour da Suíça’

Tour da Suíça: Leipheimer vence na última etapa, por 4 segundos!

Um final eletrizante!

O vencedor do Tour da Suíça, que muitos chamam de o 4• grande Tour, só foi definido na última etapa. Levi Leipheimer (RadioShack) teria que tirar uma diferença de 1:59 do líder para conseguir ser o campeão da competição. O último estágio era um Contra-Relógio Individual e Leipheimer começou na quinta colocação. Ele conseguiu tirar a liderança de Damiano Cunego por apenas 4 segundos.

Leipheimer vinha melhorando sua performance durante a semana e se aproximando do líder. A distância de aproximadamente 2 minutos era o limite do possível de se reverter. E deu certo. O ciclista declarou “Eu não me preocupei, eu sabia que existia a possibilidade, porém o melhor que eu podia fazer era relaxar e fazer o melhor Contra-Relógio que eu poderia”.

O ciclista da RadioShack largou quatro posições antes de Cunego. Com 9km, Cunego estava 28 segundos mais lento do que Leipheimer, com uma vantagem de aproximadamente 3 segundos por quilômetro. Com essa margem, Cunego manteria a Camisa Amarela. Com 22km, a vantagem estava em 1:26, faltando ainda 9 km para terminar o percurso de 31km.

Porém a confirmação da vitória só veio quando Cunego cruzou a linha de chegada e apareceu no telão, Levi Leipheimer Campeão do Tour da Suíça de 2011.

Vídeo da Final – Esse vale a pena!

Resumo da Competição

1ª Etapa
2ª Etapa
3ª Etapa
4ª Etapa
5ª Etapa
6ª Etapa
7ª Etapa
8ª Etapa

 

 

Ciclista da MovieStar, que sofreu uma forte queda, está em estado grave, mas estável

O ciclista colombiano Juan Mauricio Soler (MovieStar), que sofreu uma forte queda no Tour da Suíça e está com traumatismo craniano, foi confirmado em estado grave, porém estável.

Ontem, o ciclista foi colocado em coma induzido, devido ao traumatismo craniano. Os médicos disseram que hoje a situação melhorou um pouco. O inchaço do cérebro, que é a questão mais preocupante, no caso do atleta, regrediu ligeiramente. O colombiano sofreu diversas fraturas e machucados, porém os médicos estão mais preocupados com e estado do cérebro.

“As 48-72 horas após os acidente são as mais críticas, mas o pior já passou” declarou a equipe médica.

Soler sofreu uma forte queda na sexta etapa da competição, ele ficou inconsciente no local, com sangue jorrando de sua cabeça. Ele foi levado de helicóptero para o centro hospitalar mais próximo e atendido pelos médicos. Imediatamente foi confirmado a fratura no crânio e que o ciclista tinha sangue no cérebro.

Nuvem de tags