Posts marcados ‘Tecnologia’

Tecnologia em duas rodas: Fi’zi:k lança o Dubble Kurve, um novo conceito em selins.

A grande marca de equipamentos para bicicletas, Fi’zi:k, revelou hoje (07) seu novo produto, o Dubble Kurve, um selim significativamente diferente de seus modelos anteriores. Ele possui trilho de alumínio e um corpo feito de componentes de carbono, cobertos por uma fina camada acolchoada.

De acordo com Vincent Bourgeois, diretor de produtos da Fi’zi:k, a idéia do Kurve é elevar o nível de conforto dos seus selins, fazendo com que ele se movimente junto com o ciclista. Os modelos anteriores do Aliante e Arione possuiam as tecnologias Twinflex e Wingflex, que permitiam que algumas partes do selim se flexionassem. O conceito do Kurve e estender essa flexibilidade para todo o selim, essa nova tecnologia foi batizada de Re:flex.

O desenvolvimento do Kurve demorou três anos para ser finalizado, o corpo do banco é composto por três camadas de compostos de carbono. Sendo cuidadosamente calculado para ser mais flexível em algumas partes e mais resistente em outras. Todo o conforto do selim vem do seu corpo de carbono, assim como todos os selins de alta performance, a parte de tecido é meramente decorativa e não tem influência sobre o conforto.

Outra inovação do selim é o trilho de alumínio que o suporta. Para que a tecnologia do banco seja eficaz, os suportes tradicionais não seriam suficientes, pois eles seguram o selim muito próximos ao trilho. Já o Kurve possui um vão maior entre o trilho e o corpo do selim, permitindo que ele se movimente e seja mais confortável.

O Kurve será produzido em três modelos, Aliante, Antares e Arione. A Fi’zi:k diz que o peso dos selins será de aproximadamente 220g e custarão entre 270 e 220 dólares.

fotos: John Stevenson/BikeRadar.com

As Tops do Contra-Relógio: Speed Concept 9 – A bicicleta mais rápida do mundo

A Speed Concept 9 – Essa é LINDA DEMAIS!

“Trek’s Speed Concept é muito rápida. A bicicleta mais rápida que já andei” – Matt Pacocha – Bike Radar/Cycling News

Para conseguir tanta velocidade, a Trek apostou na aerodinâmica extrema na construção da Speed Concept.

Aerodinâmica

A gota, é a forma mais aerodinâmica existente, mas como bicicletas em formato de gota ficariam um pouco estranhas, a forma de lâmina (Foil) é o que mais se aproxima. Os tubos da Speed Concept possuem essas características.

O fator mais importante para conseguir a aerodinâmica é a relação entre a largura e o comprimento da “lâmina”. Através de estudos em túneis de vento, a Trek chegou ao formato exato para conseguir os melhores resultados. A empresa o batizou de The Kammtail Virtual Foil. O “virtual” se refere ao corte que é feito no final do tubo (imagem abaixo).

O formato aerodinâmico faz com que o vento continue seu curso, mesmo sem a seção final da lâmina. Isso elimina peso e mantém os resultados.

Carbono

A Trek utilizou sua fibra de carbono de alta tecnologia, OCLV2. O “OC”, significa Optimum Compaction, ou compactação optimizada, que quer dizer que o carbono é altamente comprimido, o que elimina espaços vazios dentro do material, o que aumenta a resistência e diminui o peso. O ” LV” significa Low Viod, que quer dizer que o carbono praticamente não possui falhas, nem mesmo microscópicas, atingindo uma resistência superior a materiais utilizados em espaço naves.

Outras características bem legais!

Ajustabilidade

A Speed Concept é uma bicicleta extremamente ajustável. São 5 tamanhos da quadro, 6 tamanhos de clipes, ajuste na altura e na angulação da mesa. Como o Contra-Relógio é uma modalidade que a posição na bicicleta influencia muito no resultado, essa possibilidade de ajuste permite que se consiga uma posição perfeita sobre a bicicleta, mesmo para ciclistas com caraterísticas físicas muito diferentes. Melhorando assim os resultados dos ciclistas que a utilizarem.

Freios Invisíveis

Os freios da Concept são um novo conceito para o mercado. Eles são integrados ao quadro de tal forma que ficam praticamente invisíveis. O freio dianteiro foi construído por dentro do garfo, dependendo do angulo que se olha, não é possível ver as pastilhas. Uma verdadeira obra de arte.

Sensores de ciclo-computadores integrados ao quadro

Este é um dos componentes mais interessantes. Para evitar o arrasto aerodinâmico causado pelos sensores de cadência e velocidade, estes já vem de fábrica, integrados de forma aerodinâmica ao quadro. A Concept é a primeira bicicleta a incorporar componentes eletrônicos ao seu quadro.

Blocagens aerodinâmicas

As blocagens Bontagres quick release, são feitas em formato aerodinâmico e mostraram nos testes de túnel de vento uma melhora na performance da bicicleta.



As Tops da Estrada: Trek Madone 6.9 SSL

Trek Madone 6.9 SSL

Pode se dizer que a Trek Madone possui um currículo invejável. Ela carregou o vencedor de 9 dos últimos 11 Tour de France. Um pedigree e tanto! Hoje ela é a bicicleta oficial de duas grandes equipes do ProTour, a Trek Leopard e RadioShack.

O modelo SSL

Em 2011 a Trek lançou a variante SSL para a família Madone Série 6. O modelo é 100g mais leve do que o do ano anterior. Dessas 100g, 50g foram retiradas do quadro, 30g foram reduzidos com um novo processo de pintura e 20g no garfo.

Com essas alterações o quadro do tamanho 56 pesa somente 815g. Incrivelmente leve. A Trek diz que essa diminuição no peso não sacrificou rigidez ou durabilidade. De acordo com a empresa, o nova fibra de carbono HexSL é 10% mais resistente e rígida do que o OCLV Red blend utilizado anteriormente, dessa forma permitiu a diminuição do peso, sem sacrificar a qualidade da bicicleta.

Outra inovação é o movimento central BB90. Mais largo e com peças integradas, reduz a quantidade de peças móveis, deixando a bicicleta mais leve e por ser mais largo, faz com que a rigidez da bicicleta aumente. Vejam a imagem ao lado.

A  Tecnologia Trek

A Trek utiliza materiais com um nível muito alto de tecnologia. O fato de ter a fábrica localizada nos Estados Unidos, facilita o teste e utilização de diversos materiais desenvolvidos por faculdades e centros de pesquisa espacial na fabricação de suas bicicletas.

Para se ter uma idéia, no laboratório da Trek em Waterloo, Estados Unidos, que é o maior em pesquisas de carbono de bicicleta do mundo, a empresa possui uma equipe de 37 engenheiro de carbono responsáveis por desenvolver, testar e analisar as fibras de carbono utilizadas em suas bicicletas.

O carbono HexSL, é a primeira fibra de carbono industrial que conseguiu aumentar significativamente a rigidez e resistência ao mesmo tempo. Vejam a comparação entre os carbono utilizados pela Trek ao lado.

Customização e Fiting

Uma opção interessantíssima que a Trek traz para seus clientes é o chamado Project One. No próprio site da Trek, é possível modificar a bicicleta toda. Cor, componentes, grupo e até escrever mensagens pessoais na bicicleta.

São 24 cores diferentes, pode-se escollher as rodas, pneus, mesas, guidões, fita de guidão, canote, banco e headset, sendo que cada um desses existem pelo menos 10 opções para escolher. Também pode se escolher entre mais de 20 opções de grupos e cores de cabeamento. A variedade de estilos é incrível, é possível customizar a bicicleta nos mínimos detalhes.

Para se adaptar ao maior número de clientes, a Madone 6.9 possui três geometrias diferentes: H1, H2 e H3.

A H1 possui uma posição mais aerodinâmica com uma frente mais baixa, boa para atletas com bastante flexibilidade.

A H2 possui a frente um pouco mais elevada e fornece uma posição um pouco mais confortável.

A H3 e ideal para quem quer poupar as costas e o pescoço, ela possui uma posição ainda mais elevada e com algumas modificações de geometria para manter a estabilidade da bicicleta.

Preços

O preço da Madone 6.9 com a configuração padrão com Shimano Dura-Ace e Rodas Bontrager Race XXX Lite, custa US$8.714,99. As adaptações podem aumentar ou diminuir o valor. No site, quando as alterações são feitas o novo preço já é calculado.

Imagens

fotos: James Huang e Trek

Plágio nos Ciclo-computadores. Garmin processa a Bryton por copiar Edge 500

A gigante dos GPS’s Garmin, iniciou um processo legal contra a Bryton, por copiar, tanto em aparência quanto em funcionalidades, O EDGE 500.

O Rider 30, produto da Bryton, é extremamente parecido com o EDGE. A Bryton alega que desenvolveu seu equipamento sem se basear no aparelho da Garmin.

A Garmin declarou que se sente muito orgulhosa por sua capacidade de inovação, e que tem pouquíssima paciência com empresas que tentam emitá-la. Se for vitoriosa no processo a Garmin, poderá impedir que a Bryton comercialize o Rider 30.

Impressora de Bicicletas – Será que dá pra instalar uma dessas em casa?

A European Aeronautic Defence desenvolveu uma tecnologia de impressão de produtos em 3D inovadora. Ela sobrepõem camadas de materiais, estas se fundem e se transformam em objetos tridimensionais. Para inaugurar a invenção, o primeiro projeto foi uma bicicleta: a Airbike, feita com camadas de pó de nylon.

Uma vantagem é que a bicicleta pode ser produzida com ajustes precisos de tamanho, como por exemplo a altura do banco, os ajustes podem ser feitos facilmente antes da impressão. Além de ser muito mais leve que bicicletas de aço e alumínio, ela utiliza 65% menos material que os métodos convencionais de montagem de produtos, diminuindo o desperdício.

Nuvem de tags