Posts marcados ‘Ricardo Neis’

Mortes e Impunidade no Trânsito. A luta por segurança e justiça!

Os vídeos a seguir foram feitos pelo Conexão Repórter, programa do SBT, que fez um programa detalhado mostrando a luta por justiça e segurança, que ciclistas e pedestres enfrentam todos os dias nas ruas das cidade brasileiras. No programa são mostrados diversos casos de atropelamentos, mortes e irresponsabilidades que destroem vidas e famílias todos os dias por todo o país.

Um dos casos mostrados foi o atropelamento de 17 ciclistas em Porto Alegre no começo do ano. Uma entrevista extensa com Ricardo Neis, o maluco psicopata que atropelou os ciclistas, mostra que ele não está arrependido do que fez…. É inacreditável. Infelizmente, muitas pessoas ainda vão ter que morrer antes de que alguma coisa mude de fato. Isso é extremamente triste, mas é a mais pura realidade.

Infelizmente, nas ruas, ciclistas e pedestres são vistos como obstáculos ao trânsito e não como serem humanos, que possuem parentes, filhos, pais, mães, amigos e etc. São mortos nas ruas por motoristas apressados que tem certeza de que seu compromisso é muito mais importante do que a vida de qualquer um na rua.

A minha pergunta para os motoristas é a seguinte:

QUEM VOCÊS PENSAM QUE SÃO? PARA TER A OUSADIA DE ACHAR QUE SEGUNDOS DO SEU TEMPO SÃO MAIS IMPORTANTES DO QUE A VIDA DAS PESSOAS? VOCÊS REALMENTE SE ACHAM TÃO IMPORTANTES ASSIM?

As pessoas passam por cima das outras, matam, destroem vidas e a única preocupação que passa na cabeça dessas pessoas é se elas vão perder a carteira, ou receber uma multa. ESSE TIPO DE GENTE TINHA QUE FICAR O RESTO DA VIDA NA CADEIA! 

Vejam os vídeos e tirem as conclusões de vocês

Vídeos

Entrevista de Ricardo Neis ao Fantástico

Vejam o que esse maluco tem a dizer!

Ricardo Neis, o atropelador de POA, responderá por 17 tentativas de homicídio

Reportagem do Jornal Gazeta do Sul

 

Porto Alegre – O Ministério Público Estadual do Rio Grande do Sul (MP-RS) denunciou o bancário Ricardo Neis à Justiça por 17 tentativas de homicídio triplamente qualificadas, nessa segunda-feira. O acusado admitiu ter atropelado um grupo de ciclistas no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, no dia 25 de fevereiro, e está preso preventivamente desde 11 de março.
A promotora de justiça Lúcia Helena Callegari entendeu que, ao acelerar seu automóvel forçando passagem entre as vítimas, o motorista deu início ao ato de matar, que acabou não consumado porque os ciclistas estavam usando equipamentos de segurança e receberam pronto atendimento depois de serem jogados para o alto e caírem no pavimento da Rua José do Patrocínio.

O advogado de Neis, Jair Jonco, vai esperar a citação para acessar os autos e tomar conhecimento detalhado da denúncia para comentar o caso.

Outro caso
A polícia concluiu que o segundo atropelamento de ciclistas ocorrido em pouco mais de duas semanas em Porto Alegre foi premeditado. O delegado Gilberto Montenegro disse nessa segunda-feira que o motorista de um Tempra que acertou dois ciclistas por trás, na Avenida Assis Brasil, no dia 13 de março, usou o carro como arma porque certamente tinha alguma diferença com as vítimas, que sofreram ferimentos, mas não precisaram ficar internadas no Hospital Cristo Redentor, onde foram atendidas.
Tanto o proprietário do carro quanto os ciclistas têm antecedentes criminais. O dono do automóvel e um dos atropelados estão em liberdade condicional. O segundo ciclista está em liberdade provisória. A polícia pediu a prisão preventiva do proprietário do Tempra, que ainda não se apresentou para prestar depoimento. (AE)

Ciclistas que foram atropelados são ameaçados! QUE ABSURDO!!!!!!!

Divulguem!!!

Pelo que parece atropelar não basta, tem que MATAR. Isso mostra a mentalidade medíocre e atrasada das pessoas desse país!

ISSO É UM ABSURDO!!!!!

Leia a matéria do Ultimo Segundo IG

Integrantes do grupo de ciclistas “Massa Crítica”, de Porto Alegre, que tiveram seus integrantes atropelados na última sexta-feira (25), relatam ameaças anônimas desde que ocorreu o atropelamento. Eles estudam levar à polícia algumas mensagens publicadas na internet.

O blog do Massa Crítica passou a ser alvo de mensagens agressivas depois do atropelamento da última sexta-feira. Na maioria delas, as pessoas dizem que os ciclistas deveriam ter morrido.

“Ciclistas que acham que têm mais direitos que os outros só por estarem de bicicleta têm que morrer. Ameace alguém de carro, vai! Você vai morrer!”, diz uma mensagem. “Bem feito! Lugar de ciclista vagabundo que fica atrapalhando o trânsito é debaixo da terra!”, escreve outra. “Sobrou alguém vivo? Então o cara não fez o serviço direito!”, diz uma terceira.

Para Marcelo Kalil, um dos integrantes do grupo, as ofensas publicadas no blog do Massa Crítica são uma ameaça aos ciclistas. “Eu considero uma ameaça a todos os ciclistas. O meu medo é que essas pessoas possuam carteira de habilitação e saiam dirigindo por aí. Somos ameaçados diariamente”, destaca.

Ele conta que as agressões não são restritas à internet. Desde que o grupo foi atropelado por Ricardo José Neis, alguns integrantes do Massa Crítica relatam terem ouvido provocações e ameaças de motoristas. “No domingo passado, quando fizemos nossa primeira assembleia, um carro passou do lado e gritou ‘strike’”, conta Marcelo.

Os ciclistas se reúnem na noite desta quinta para discutirem eventuais ações na Justiça contra o motorista Ricardo Neis. Marcelo também levaria as cópias das mensagens postadas no blog do Massa Crítica para que o grupo discutisse se registraria as ameaças na polícia.

Nesta quinta, o ciclista Ricardo Ambus, que levou quatro pontos na cabeça e quebrou o braço esquerdo, teve de ser internado novamente no Hospital de Pronto Socorro depois de sentir tonturas. Ele permanece no HPS em estado regular.

 

 

Protesto contra atropelamento confirmado!

O grupo de ciclistas Massa Crítica de Porto Alegre, cujo integrantes foram vítimas do atropelamento brutal no último sábado, confirmou dois protestos contra o incidente. O primeiro será amanhã dia terça-feira (01) às 19h, os ciclistas sairão do Largo do Zumbi dos Palmares e irão até a Prefeitura.

Hoje o grupo irá informar a EPTC [Empresa Pública de Transporte e Circulação] sobre o trajeto que será realizado.

O segundo protesto será realizado no dia 25 de março, quando o incidente completar um mês.

O motorista responsável pelo atropelamento o funcionário do Banco Central, Ricardo Neis, 47 anos. Deve se apresentar hoje a Polícia Civil às 15h. De acordo com a defesa de Ricardo ele alegará legitima defesa, uma vez que se sentiu ameaçado pelos ciclistas (é um animal mesmo!)

Pra tentar descontrair desgraça toda!

Retirado de: http://blogdokayser.blogspot.com

Vídeo do atropelamento IRRACIONAL de ontem em Porto Alegre.

UM ABSURDO!!!! Motorista atropela 20 ciclistas em Porto Alegre!

Motorista atropela vinte ciclistas durante protesto em Porto Alegre -RS seguem os vídeos do incidente e a matéria na integra do site R7 notícias

A Polícia Civil já ouviu 16 testemunhas do acidente envolvendo o condutor de um Golf, que teria jogado o carro sobre um grupo de cerca de 150 ciclistas, atingindo mais de 20, na noite de sexta-feira (25), no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. De acordo com o delegado Márcio Moreno, o proprietário do carro já foi identificado, mas a polícia ainda não pode confirmar se ele estava conduzindo o veículo. O policial adiantou que o caso está sendo tratado como lesão corporal culposa (sem intenção).  As informações são do Correio do Povo.

foto: Alexandre Auler / AE

Questionado sobre a possibilidade de o atropelamento coletivo ser interpretado como tentativa de homicídio, o delegado disse que esse entendimento pode ocorrer com o andamento das investigações. De acordo com a versão de testemunhas à polícia, o condutor estava em alta velocidade. Moreno afirmou que a apuração do caso é prioritária para a Polícia Civil.

Pelo menos oito feridos foram levados para o Hospital de Pronto Socorro, mas já receberam alta. O acidente ocorreu na esquina das ruas José do Patrocínio e Luiz Afonso.

Um dos integrantes do grupo, Aislan Polla, disse que cerca de 150 ciclistas seguiam para a inauguração de um espaço cultural Cidade das Bicicletas, quando foram surpreendidos pelo carro, que insistia em passar entre as bicicletas. Segundo o ciclista, o homem se irritou depois de receber uma “salva de palmas” e acelerou o veículo.

O gerente de Fiscalização da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), Carlos Pires, ressaltou que a órgão sabia da realização do evento, mas não recebeu pedido para acompanhar e dar segurança aos ciclistas. A presidente da Câmara de Vereadores da Capital, Sofia Cavedon (PT), prometeu cobrar da prefeitura um plano de ciclovias, já aprovado pelo Legislativo municipal.

O passeio de bicicleta na capital se repete uma vez por mês, sempre na última sexta-feira, organizada pelo movimento internacional Massa Crítica, criado em Portugal para conscientizar a população dos benefícios do uso da bicicleta como meio de transporte. Os ativistas já definiram que o próximo passeio, marcado para o fim de março, vai culminar com um protesto em frente à casa do dono do veículo envolvido no incidente.


Nuvem de tags