Posts marcados ‘relógio’

Tour de France – Informações sobre a 3ª Etapa: A ventania de St. Nazaire

Etapa para sprinters!

A 3ª Etapa do Tour de France 2011 será bastante plana. Serão 198km de um terreno com pequenas ondulações, mas somente uma subida categorizada. Será o Cot du Pont Saint-Nazaire, uma subida de categoria 4, com seu pico no km 143. Mesmo que uma fuga saia durante a subida, ainda restarão 55km de prova para que as equipes dos sprinters busquem os escapados. Ou seja, existe uma chance grande de chegada amanhã, sendo assim, todas as apostas se voltam para Mark Cavendish, que terá sua primeira oportunidade de vitória.

O vento de St. Nazaire

A subida de categoria 4 da etapa, tem uma dificuldade a mais do que só a inclinação. Essa subida é uma ponte suspensa por cabos em forma de arco, com 3,3km de extensão, que passa sobre o rio Loire. A subida termina exatamente no meio da ponte. Por ser muito próxima do oceano e ser muito longa, o vento lateral que atinge a ponte é inacreditavelmente forte. Portanto, existe uma chance de quebra no pelotão. A equipe dos sprinters devem ficar espertas para manter seus atletas na posição certa e evitar que estes fiquem em um corte do pelotão e não consigam mas buscar o grupo da frente.

O vídeo abaixo foi feito sobre a ponte, dá uma olhada na brisa leve que estava soprando!

Informações sobre a etapa

Altimetria

Transmissão pela ESPN

O Tour de France está sendo transmitido pela ESPN nos seguintes horários:

  • Transmissão Ao Vivo: A partir das 10h da manhã;
  • Compacto de 30 minutos com melhores momentos: 20h30.

Tour de France – Informações sobre a 2ª Etapa: Contra-Relógio por Equipes

Contra-Relógio por Equipes (CRE)

A modalidade mais bonita do ciclismo, onde todas as equipes, com seus belos uniformes e suas lindas bikes de Contra-Relógio, que são o supra sumo da tecnologia, no que se diz respeito a aerodinâmica e design, partem em um revezamento incrível, voando pelas estradas na busca pelo menor tempo.

Ao contrário do Giro d’Itália, onde os CRE`s são realizados todos os anos desde 2006, o Tour de France ainda apresenta uma certa resistência a modalidade. Recentemente tivemos tivemos três  CREs realizado no Tour, o primeiro foi em 2005, no qual a Discovery Channel, equipe de Lance Armstrong naquele ano, bateu o record de velocidade média em uma etapa da competição, superando os 57 KM/h de média em um percurso de 67km. O segundo foi em 2009, onde os ciclistas percorreram um circuito de 39km. Esse ano teremos o terceiro Contra-Relógio por Equipes do Tour de France.

Porque não acontece todo ano?

No Tour de France, fazem parte do pelotão, algumas equipes francesas que não fazem parte do Pro Tour (Elite Mundial do Ciclismo). Elas são convidadas para aumentar a audiência da população francesa, uma vez que tem um maior número de franceses competindo. Porém, no Contra-Relógio por equipes, a diferença das equipes do Pro Tour e as convidadas fica gritante, diminuindo as chances dos atletas dos times locais conseguirem uma boa colocação na Classificação Geral.

Por esse motivo, os percursos estão sendo gradualmente diminuídos. Como foi citado acima, o primeiro CRE teve uma distância de 67km, o segundo de 39km e o desse ano terá um percurso de 23km, suficiente para mostrar um belo trabalho das equipes e fazer uma bela festa, mas não, longo o suficiente para que o tempo entre as equipes fortes e as menos fortes seja tão grande.

Informações sobre a etapa

Altimetria

O percurso amanhã partirá na cidade de Les Essarts e fará um circuito de 23km. Será um Contra-Relógio bastante plano, ou seja, a velocidade será muito alta!

Regras:

No Contra-Relógio por equipes, é necessário que dos 9 ciclistas que largaram, 5 terminem juntos, uma vez que o tempo da equipe é registrado quando o quinto atleta cruza a linha de chegada. As equipes largam com cerca de 7 minutos de diferença entre si. A equipe que completar o percurso em menos tempo é a vencedora.

Transmissão pela ESPN

O Tour de France está sendo transmitido pela ESPN nos seguintes horários:

  • Transmissão Ao Vivo: A partir das 10h da manhã;
  • Compacto de 30 minutos com melhores momentos: 20h30.

As Tops do Contra-Relógio: Speed Concept 9 – A bicicleta mais rápida do mundo

A Speed Concept 9 – Essa é LINDA DEMAIS!

“Trek’s Speed Concept é muito rápida. A bicicleta mais rápida que já andei” – Matt Pacocha – Bike Radar/Cycling News

Para conseguir tanta velocidade, a Trek apostou na aerodinâmica extrema na construção da Speed Concept.

Aerodinâmica

A gota, é a forma mais aerodinâmica existente, mas como bicicletas em formato de gota ficariam um pouco estranhas, a forma de lâmina (Foil) é o que mais se aproxima. Os tubos da Speed Concept possuem essas características.

O fator mais importante para conseguir a aerodinâmica é a relação entre a largura e o comprimento da “lâmina”. Através de estudos em túneis de vento, a Trek chegou ao formato exato para conseguir os melhores resultados. A empresa o batizou de The Kammtail Virtual Foil. O “virtual” se refere ao corte que é feito no final do tubo (imagem abaixo).

O formato aerodinâmico faz com que o vento continue seu curso, mesmo sem a seção final da lâmina. Isso elimina peso e mantém os resultados.

Carbono

A Trek utilizou sua fibra de carbono de alta tecnologia, OCLV2. O “OC”, significa Optimum Compaction, ou compactação optimizada, que quer dizer que o carbono é altamente comprimido, o que elimina espaços vazios dentro do material, o que aumenta a resistência e diminui o peso. O ” LV” significa Low Viod, que quer dizer que o carbono praticamente não possui falhas, nem mesmo microscópicas, atingindo uma resistência superior a materiais utilizados em espaço naves.

Outras características bem legais!

Ajustabilidade

A Speed Concept é uma bicicleta extremamente ajustável. São 5 tamanhos da quadro, 6 tamanhos de clipes, ajuste na altura e na angulação da mesa. Como o Contra-Relógio é uma modalidade que a posição na bicicleta influencia muito no resultado, essa possibilidade de ajuste permite que se consiga uma posição perfeita sobre a bicicleta, mesmo para ciclistas com caraterísticas físicas muito diferentes. Melhorando assim os resultados dos ciclistas que a utilizarem.

Freios Invisíveis

Os freios da Concept são um novo conceito para o mercado. Eles são integrados ao quadro de tal forma que ficam praticamente invisíveis. O freio dianteiro foi construído por dentro do garfo, dependendo do angulo que se olha, não é possível ver as pastilhas. Uma verdadeira obra de arte.

Sensores de ciclo-computadores integrados ao quadro

Este é um dos componentes mais interessantes. Para evitar o arrasto aerodinâmico causado pelos sensores de cadência e velocidade, estes já vem de fábrica, integrados de forma aerodinâmica ao quadro. A Concept é a primeira bicicleta a incorporar componentes eletrônicos ao seu quadro.

Blocagens aerodinâmicas

As blocagens Bontagres quick release, são feitas em formato aerodinâmico e mostraram nos testes de túnel de vento uma melhora na performance da bicicleta.



Nuvem de tags