Posts marcados ‘performance’

Artigo: Efeitos do treinamento de força na cadência de ciclistas de rua (Parte 1 de 3)

Por Fabricio Lino

A cadência utilizada pelos ciclistas é uma variável que influencia a performance e outras respostas fisiológicas para uma determinada potência gerada (ARAÚJO, 2002). O treinamento de força ocupa um papel relevante dentro do treinamento esportivo e por este motivo não deveria ficar de fora dos treinamentos dos ciclistas. Mesmo o ciclismo sendo uma atividade predominantemente aeróbia o treinamento de força se faz necessário para melhorar capacidades específicas a este método.

O treinamento de força é um tipo de exercício que requer que os músculos se movam ou tentem se mover contra uma força de oposição normalmente representada por algum tipo de equipamento, abrange uma grande variedade de tipos de treinamento, incluindo os exercícios pliométricos (FLECK; KRAEMER, 1999).

O termo que mais vem à tona seria “força de resistência”, que segundo (WEINECK, 1999) é a capacidade do sistema neuromuscular de sustentar níveis de força moderado por intervalos de tempo prolongado.

Porém não podemos esquecer de outros tipos de treinamento: treinamento de força de velocidade e treinamento de força especial  que juntamente com o treinamento de força de resistência fará a composição de um ciclista completo que poderá sustentar as distâncias médias ou longas propostas nos treinos e competições, bem como se defenderá bem em momentos de subidas ou ataques ao pelotão.

Este assunto se torna abrangente à medida que observamos as características de cada ciclista. Precisamos sempre de uma análise (anamnese) para que seja proposto um treino eficiente e de qualidade que atenda as necessidades e possa gerar melhorias em cada caso.

Seguiremos com este assunto na próxima edição!!!

Um abraço a todos!

Fabricio Lino

F2SPORTS

Assessoria Esportiva

Anúncios

Dicas de Alimentação: Alimentos antioxidantes podem ajudar sua performance

Quando nosso corpo trasforma o oxigênio em energia para nutrir nossos músculos, ele produz substâncias chamadas espécies reativas de oxigênio, que fazem mal ao organismo e são responsáveis pelo envelhecimento das células. Durante exercícios intensos e de longa duração, onde o consumo de energia é alto, automaticamente a produção dessas substâncias aumenta.

Nosso corpo naturalmente produz substâncias antioxidantes para combater os efeitos dos agentes oxidantes, mas para que isso seja possível é necessário que o organismo tenha uma dieta rica em antioxidantes.

Foi comprovado que a ingestão desse tipo de alimentos previne doenças cardiovasculares, diabetes, cancer e ajudam a aumentar a longevidade. O que está começando a ser estudado, é o efeito que esses alimentos têm na performance de atletas de alto rendimento.

Performance e Estresse

Um estudo recente da Universidade de Newcastle na Austrália, mostrou que quando atletas diminuíam a quantidade de alimentos antioxidantes ingeridos durante o dia, tinham uma queda de performance de 2% a 3% e um aumento significativo no estresse causado pelos treinos, como dores, cansaço e falta de disposição.

O quê e como comer?

Frutas e Verduras

Frutas e verduras são consideradas as melhores fontes de antioxidantes para o corpo. Portanto, recomenda-se a ingestão de cerca de cinco porções de frutas e verduras todos os dias. Ricas em vitaminas C e E, ajudam o corpo a se defender dos agentes oxidantes.

Peixe

Peixe é uma excelente fonte de nutrientes para ciclistas. Contém altos níveis de gorduras essenciais como EPA e DHA e o antioxidante Omega-3, que além de ajudar na proteção do corpo, reduz a pressão sanguínea, melhoram as funções psicológicas e motoras, ajudam na performance de atletas, uma vez que penetram nas células musculares e reduzem as lesões musculares e ajudam a aliviar dores decorrentes de estresse muscular.

Raízes e cereais

Cereais e raízes não processados, ou seja, que não estejam em pasta, refinados ou em pães, são extremamente ricos em antioxidantes, além de possuírem gorduras saudáveis e muitas vitaminas.

Cuidados

O efeito dos alimentos antioxidantes sobre a performance esportiva ainda é um campo pouco estudado, portanto é indicado um acompanhamento nutricional para que não se tenha o efeito contrário. Por exemplo, foi evidenciado em pesquisas, que o consumo excessivo de vitamina C, diminui a adaptação do atleta aos treinos.

Nuvem de tags