Posts marcados ‘paraolimpico’

Campeonato Brasileiro de Para-ciclismo: Uma aula de ciclismo!

Nesse final de semana, nos dias 16 e 17 de Julho, foi disputado o Campeonato Brasileiro de Para-ciclismo nas categorias Resistência e Contra-Relógio. Fomos até o Autódromo de Brasília para acompanhar a competição.

Os para-ciclistas deram um show de forma física, motivação e e força de vontade. Tivemos categorias com disputas muito acirradas e com resultados bem apertados.

Outro ponto que chamou a atenção foi a organização da prova. Uma coisa rara nas provas de ciclismo no Brasil, as largadas foram extremamente pontuais e os resultados saíram com rapidez incrível. A Confederação Brasileira de Para-ciclismo está de parabéns!

Na Categoria C5, os destaques foram para os ciclistas Lauro Chaman (Memorial-Santos) e João Schwindt (Renove-Brasplásticos). João foi o melhor na Competição do Contra-relógio, ele foi 3 segundos mais rápido do que Lauro, o segundo colocado. Schwindt percorreu os 16,2km do percurso com uma média de velocidade incrível, de 47,26km/h.

Já no domingo, na prova de Resistência o pódio se inverteu, Lauro foi o primeiro colocado e João Schwindt foi o segundo no percurso de 54km.

Vejam aqui os Resultados do evento

Contra-Relógio Estrada
C1 C1
C2 C2
C3 C3
C4 C4
C5 C5
H2 Masculino H2 Masculino
H2 Feminino H2 Feminino
H3 H3
H4 H4
TANDEM MASCULINO TANDEM MASCULINO
TANDEM FEMININO TANDEM FEMININO

Fotos dos pódios

Fotos: Wander Vieira

 

 

Brasileiros dominam a Copa do Mundo de Ciclismo Paraolímpico!

A Copa do Mundo de Paraciclismo está sendo realizada no Canadá. Três brasileiros estão representando o país na competição: João Schwindt, Soelito Gohr e Lauro Chaman.

A primeira prova disputada pelos brasileiros foi o Contra-Relógio Individual. Lauro Chaman foi o vencedor da etapa, percorrendo os 21km do trajeto com a impressionante média de 49,19km/h de média. Incrível! João Schwindt também conseguiu uma excelente colocação e ficou o 5• lugar, 1:07 atrás de Lauro. Solelito Gohr ficou na 10ª posição, 2:05 atrás do líder.

Na segunda prova disputada, a competição de estrada, o trio brasileiro conseguiu “só” Ouro, Prata e Bronze. João Schwindt foi o mais rápido do dia e foi coroado o vencedor da prova, seguido por Soetilo Gohr e Lauro Chaman, respectivamente segundo e terceiro lugar. O trio abriu uma fuga e chegou mais de 6:00 na frente do pelotão, em um percurso de 78,9km, que foi percorrido em 2h08, com uma média de 37km/h.

Parabéns para os brasileiros e para todos os paraciclistas que superam todos os tipos de adversidades e continuam a praticar e competir no esporte que amam! MEUS PARABÉNS.

Infelizmente os jornais brasileiros não ligam muito para esse tipo de notícia… É melhor mostrar o novo corte de cabelo do Neymar, do que a grande história de superação desses caras. Mas vamos tentando dar o o valor que eles merecem por aqui!

Nuvem de tags