Posts marcados ‘história do pedal’

Por que usar sapatilha?

Utilizar sapatilhas para andar de bicicleta traz benefícios aos ciclistas em vários aspectos. Por isso, montamos esta matéria que apresenta uma breve história sobre o pedal e o surgimento das sapatilhas e termina com um resumo dos principais benefícios de usá-las.

1. A história do pedal

Durante a história da bicicleta, foram desenvolvidos diversos modelos e tipos de pedais, mas podemos enquadrá-los em três principais categorias, que são as seguintes: a) Plataforma; b)Firma pé;  c) de Encaixe.

O primeiro a surgir foi o pedal de plataforma, fornecia uma plataforma ampla, que permitia a transferência de força para o pedal.

O segundo modelo desenvolvido foi o pedal com firma pé, ele permitia que o ciclista aplicasse força também na fase de “recuperação” da pedalada. O movimento de pedalar pode ser dividido em duas partes: propulsão (empurrando) e recuperação (puxando). O pedal de firma pé melhorou a performance dos ciclistas já que estes conseguiam aplicar potência nos pedais por mais tempo.

O último modelo foi o pedal de encaixe, desenvolvido em 1984, estava vinculado a utilização de sapatilhas com “taco”, que se prendia ao pedal. Assim que foi lançado, o pedal não foi bem recebido pelos ciclistas, uma vez que era fixo não permitia rotação do joelho, causando desconforto para o ciclista. Após estudos, descobriu-se que, permitindo-se um grau de rotação aos pedais de encaixe, o desconforto deixava de existir. Assim, os modelos foram atualizados para permitir o leve movimento de rotação e hoje são predominantemente utilizados pelos ciclistas.

Benefícios da Sapatilha

1. Segurança

A sapatilha impede que o pé se solte acidentalmente do pedal, o que acontecia com os modelos de plataforma e os pedais de firma pé sem alça. Porém em situações de queda, elas automaticamente se soltam do pedal, permitindo com que a bicicleta não fique presa ao ciclista, evitando lesões graves.

2. Conforto

O pedal de encaixe proporciona um posicionamento correto dos pés (quando regulado corretamente) e restringe o grau de rotação, isso diminui as lesões no joelho e dores articulares, aumentando consideravelmente o conforto da pedalada.

3. Estabilidade

Uma vez que o “taco” da sapatilha fica preso ao pedal, proporciona uma firmeza maior na pedalada, os pés não se movimentam da maneira que não devem, aumentando a estabilidade e diminuindo o desperdício de força.

4. Desempenho

A combinação de maior segurança, conforto e estabilidade, além da capacidade de aplicar potência durante pontos diferentes da pedalada, faz com que exista um ganho significativo de performance quando a sapatilha é utilizada. Esse é o motivo pelo qual todos os ciclistas de competição, em quase todas as categorias, utilizam sapatilhas.

Dica:

Para que tudo isso funcione, é muito importante que o ciclista consulte um profissional de Bike Fit, para realizar a regulagem correta da sapatilha, para que lesões e dores no corpo em razão de uso inadequado do equipamento.

Abaixo, segue alguns artigos científicos sobre o assunto:

Artigo 1

Artigo 2

Artigo 3

Nuvem de tags