Posts marcados ‘Giro d’Itália’

Giro d’Itália 2011: Fotos da Final!

Alberto Contador sobe no Ranking dos maiores da história

foto: Bettini

Ontem (29), Alberto Contador (Saxobank) foi coroado o vencedor do Giro d’Itália 2011. O espanhol fez uma volta inacreditável, demonstrando uma superioridade indiscutível sobre seus adversários. Ele venceu 2 etapas, deu 2 de presente e chegou entre os três primeiros em 9 etapas decisivas. Contador vencendo seis dos últimos seis Grand Tours que participou. Foram 2 Giro d’Itália, 3 Tour de France e 1 Vuelta de Espanha.

Contador venceu o Giro desse ano, com a maior vantagem que ele já havia colocado sobre o segundo lugar em grandes voltas. A diferença dele e Michele Scarponi (Lampre), foi de mais de 6:00 e quase 7:00 sobre o terceiro colocado Vicenzo Nibali (Liquigas). Scarponi declarou que Contador estava imbatível e que o segundo lugar teve muito valor para ele. Nibali também disse que o Giro desse ano foi bem mais difícil do que o de 2010 e que acredita que tem muito a melhorar, mas que Contador estava imbatível esse ano.

Contador declarou que na primeira semana estava um pouco nervoso e não sabia o tanto que ele mesmo estava forte, nem seus adversários. Porém ele nunca achou que o Giro estivesse em risco. “A equipe fez um trabalho perfeito, fui o mais consistente durante as três semanas, em alguns dias eu estava me sentindo melhor do que em outros. Mas em nenhum momento tive dúvida sobre a vitória” disse o espanhol. Bastante confiança!

Com essa vitória, Contador ganhou posições no ranking dos maiores ganhadores de grandes voltas. Ele é o quinto ciclista da história a conseguir a façanha de vencer as três grandes voltas e o sétimo no ranking de número de vitórias, logo atrás de Lance Armstrong, que venceu 7 vezes o Tour de France, mas não venceu nenhum outro Grand Tour.

Ranking Número de Vitórias

  1. Eddy Merckx: 5 TdF; 5 Giro; 1 Vuelta
  2. Bernard Hinault: 5 TdF, 3 Giro, 2 Vuelta
  3. Jacques Anquetil: 5 TdF, 2 Giro, 1 Vuelta
  4. Fausto Coppi: 2 TdF, 5 Giro
  5. Miguel Indurain: 5 TdF, 2 Giro
  6. Lance Armstrong: 7 TdF
  7. Alberto Contador: 3 TdF, 2 Giro, 1 Vuelta
  8. Gino Bartali: 2 TdF, 3 Giro
  9. Alfredo Binda: 5 Giro
  10. Felice Gimondi: 1 Tour, 3 Giro, 1 Vuelta
Ranking Vencedores das 3 Grandes Voltas
  1. Eddy Merckx: 5 TdF; 5 Giro; 1 Vuelta
  2. Bernard Hinault: 5 TdF, 3 Giro, 2 Vuelta
  3. Jacques Anquetil: 5 TdF, 2 Giro, 1 Vuelta
  4. Alberto Contador: 3 TdF, 2 Giro, 1 Vuelta
  5. Felice Gimondi: 1 Tour, 3 Giro, 1 Vuelta

Com apenas 28 anos, Contador, nascido em Pinto na Espanha, tem chance de se tornar um dos maiores vencedores da história de grandes voltas. Um grande problema, que ainda assombra o ciclista, é a questão do Teste de Doping, que acusou a utilização de Clembuterol, substância dopante. Ele foi liberado pela Federação Espanhola, para poder continuar correndo. Porém a UCI (União Ciclistica Internacional) e a WADA (World Anti-Doping Agency) apelaram sobre a decisão para o CAS (Comissão de Arbitragem do Esporte). A audiência sobre o caso ainda não teve sua data definida.

Mesmo que Contador seja condenado, provavelmente ele perderá o título do Tour de France de 2010, mas não o Título de vencedor do Giro de 2011.

Giro d’Itália 2011: Final – Millar vence a etapa e Contador é o grande campeão!

Hoje foi a grande final do Giro d’Itália 2011. David Millar (Garmin-Cervêlo), fez o melhor tempo no percurso de 26 km, por dentro de Milão. Millar terminou o dia com 51,6km/h de média de velocidade e tempo de 30:13.

Alberto Contador (Saxobank), que já estava com seu título garantido, fez uma prova excelente. A primeira metade do percurso, Contador fez um tempo 1 segundo mais rápido do que o vencedor do dia, mas como já estava com a vitória garantida, a segunda metade do percurso, ele fez 37 segundos mais lentos do que Millar.

A batalha do dia

Com o primeiro lugar fora de alcance para Michele Scarponi e Vicenzo Nibali, segundo e terceiro lugares, a disputa pelo terceiro lugar foi a grande aposta do dia.

Nibali teria que fazer um Contra-Relógio excelente para tirar os 56 segundos de vantagem que Scarponi tinha sobre ele. Ele fez um bom tempo (31:31) e ficou com o décimo lugar do dia. Mas só tirou 10 segundos do tempo que precisava. Ficando com o terceiro lugar geral.

Vídeo dos últimos quilômetros

Vídeo da premiação de Contador

Resultados:

Classificação da Etapa

  • 1. David Millar (GBR), Garmin-Cervelo, in 30:13
  • 2. Alex Rasmussen (DEN), HTC-Highroad, at 7
  • 3. Alberto Contador Velasco (ESP), SaxoBank-Sungard, at 36
  • 4. Richie Porte (AUS), SaxoBank-Sungard, at 43
  • 5. Yaroslav Popovych (UKR), Team RadioShack, at 55

Classificação Geral

  • 1. Alberto Contador Velasco (Spain), SaxoBank-Sungard, 84:05:14
  • 2. Michele Scarponi (Italy), Lampre-ISD, at 6:10
  • 3. Vincenzo Nibali (Italy), Liquigas-Cannondale, at 6:56
  • 4. John Gadret (France), Ag2r La Mondiale, at 10:04
  • 5. Joaquin Rodriguez Oliver (Spain), Team Katusha, at 11:05

Giro d’Itália – 20ª Etapa: Vasili Kiryienka vence após andar 200Km escapado.

Vasili Kiryienka (MovieStar), venceu com 4:43 de vantagem sobre o segundo lugar, Jose Rujano (Androni Giocattoli). Ao cruzar a linha de chegada, Kiryienka apontou para o céu homenageando seu companheiro de equipe, Xavier Tondo, que faleceu em um acidente doméstico no final da semana passada.

Alberto Contador (Saxobank) manteve sua liderança de 5:18 sobre Michele Scarponi, o segundo colocado.

Um começo plano e rápido

Os primeiros 196km da etapa de hoje, foram planos. No km 45, junto com Kiryienka, mais 12 ciclistas formaram uma fuga: Yaroslav Popovych (RadioShack), Kevin Seeldrayers (Quickstep), Eduard Vorganov (Katusha), Angel Vicioso (Androni Giocattoli), Luca Mazzanti (Farnese Vini – Neri Sottoli), Josep Jufre (Astana), Sebastian Lang (Omega Pharma-Lotto), Cristiano Salerno (Liquigas-Cannondale), Diego Ulissi (Lampre – ISD), Carlos Betancourt (Acqua & Sapone), Miguel Minguez (Euskaltel-Euskadi) e Frederik Veuchelen (Vacansoleil-DCM).

A fuga chegou a abrir 10:30 de vantagem sobre o pelotão. Na subida Colle delle Finestre, a fuga se despedaçou e acabou sendo pega pelo pelotão, com exceção de Kiryienka, que sobreviveu a subida e seguiu em uma empreitada solitária para a vitória. Jose Rujano saltou do pelotão e foi em busca do escapado. Ele não teve sucesso em buscar Vasili, mas também não foi alcançado pelo pelotão e chegou em segundo lugar. No final da subida, Rujano estava a 3:45 segundos atrás do líder da etapa.

Vicanzo Nibali, terceiro colocado na Classificação Geral, tentou colocar um forte ritmo na subida para diminuir a diferença de de 34 segundos para o segundo colocado, Michele Scarponi. Mas o tiro acabou saindo pela culatra, Nibali não conseguiu manter o ritmo e acabou perdendo mais 15 segundos no final da etapa.

Vídeo dos últimos quilômetros

Resultados:

Classificação da Etapa

  • 1. Vasili Kiryienka (BLR), Movistar,6:17:03
  • 2. José Rujano Guillen (VEN), Androni Giocattoli, at 4:43
  • 3. Joaquin Rodriguez Oliver (ESP), Team Katusha, at 4:50
  • 4. Carlos Alberto Betancur Gomez (COL), Acqua & Sapone-Caffe Mokambo, at 5:31
  • 5. John Gadret (FRA), Ag2r La Mondiale, at 5:54

Classificação Geral

  • 1. Alberto Contador Velasco (Spain), SaxoBank-Sungard, 83:34:25
  • 2. Michele Scarponi (Italy), Lampre-ISD, at 5:18
  • 3. Vincenzo Nibali (Italy), Liquigas-Cannondale, at 6:14
  • 4. John Gadret (France), Ag2r La Mondiale, at 7:49
  • 5. Joaquin Rodriguez Oliver (Spain), Team Katusha, at 9:27

AMANHÃ – A GRANDE FINAL!!!

21ª Etapa: Milão – Contra-Relógio Individual (31,5km)

Amanhã será a última etapa do Giro d’ Itália 2011. Será um Contra-Relógio Individual, absolutamente plano, de 31,5km em Milão. Alberto Contador, que dificilmente perderá a Camisa Rosa, será coroado o Campeão do Giro de 2011.

Altimetria


Assista Ao Vivo: 

Amanhã a partir de 07:15 da manhã!

http://videochat.gazzetta.it/index_giro.shtml

http://www.rai.tv/dl/RaiTV/

http://www.fromsportcom.com/v-2/6/20/v-262001.html

cyclingfans.com

Outras Etapas

Para ver informações sobre as outras etapas do Giro leia as matérias: Giro Etapas 1 a 7, Giro Etapas 8 a 14, Giro Etapas 15 a 21.

Giro d’Itália – 19ª Etapa: Contador dá vitória de presente e aumenta sua liderança

Alberto Contador está tão forte, que está começando a dar etapas de presente para outros ciclistas. Hoje em um ataque no último km, o Espanhol, mais uma vez, aumentou sua vantagem na CG e se mostrou muito mais forte que todo mundo. No final ele deixou Paolo Tiralongo (Astana) vencer a etapa.

Como foi a etapa?

Em um dia feio e chuvoso, a fuga demorou a sair, somente no km 51, Jérôme Pineau (Quick Step), Matteo Rabottini (Farnese Vini) e Lars Bak (HTC-Highroad), escaparam do pelotão e chegaram a abrir 12 minutos de vantagem. O pelotão demorou a reagir, mas reagiu! faltando 85 km para o final, a diferença havia caído para menos de 4:00.

A subida de Mottarone, de categoria 1, 13,8km com média de 6,2% e máximo de 14%, foi muito para Bak, que acabou sobrando da fuga, mas se juntou novamente ao grupo na descida. Stefan Garzelli (Acqua e Sapone), o líder de montanha, junto com Johann Tschopp (BMC) e Mickaël Cherel (Ag2r), saltaram do pelotão e se juntaram a fuga, formando um grupo de seis ciclistas com um pouco mais de 2:00 de vantagem sobre o grupo principal.

Craig Lewis antes da queda. foto: Graham Watson

Uma forte queda no pelotão derrubou vários ciclistas: Marco Pinotti e Craig Lewis (HTC); Thomas Peterson (Garmin-Cervélo); Carlos Sastre (Geox-TMC); Tiago Machado (RadioShack); Frederik Veuchelen (Vacansoleil); Carlos Ochoa (Androni) e Luca Mazzanti (Farnese). Craig Lewis acabou quebrando a perna na queda, Pinotti, seu companheiro de equipe, também se machucou a abandonou o Giro.

A fuga chegou na última subida, a Macugnaga com 28,2km Cat. 3, 3,9% de média com máximo de 12%. Eles estavam com 40 segundos de vantagem sobre o pelotão. A equipe de Danilo di Luca, Katusha, liderava o pelotão na captura dos escapados.

O final

Faltando 13,4 km a fuga foi neutralizada. Faltando 6,7km, Tiralongo atacou, mas foi neutralizado por Di Luca. Com 5,5km Tiralongo atacou mais uma vez, só que dessa vez ninguém o impediu. Rapidamente ele abriu 15 segundos de vantagem sobre o grupo. Faltado 3km, Tiralongo estava 22 segundos a frente do pelotão, quando Gadret atacou, seguindo por Joaquim Rodriguez.

No último km, Contador atacou, deixou todo muno que estava com ele pra trás e buscou todo mundo que estava na sua frente. Ele rapidamente chegou em Tiralongo, conversou alguma coisa com ele e começou a puxar a pequena fuga. Faltando 200 metros, Contador deu passagem e Tiralongo venceu a etapa.

Contador agora tem 5:18 de vantagem sobre o segundo colocado na Classificação Geral.

Vídeo dos últimos quilômetros

Resultados:

Classificação da Etapa

  • 1. Paolo Tiralongo (ITA), Astana, in 5:26:27
  • 2. Alberto Contador Velasco (ESP), SaxoBank-Sungard, at 0:00
  • 3. Vincenzo Nibali (ITA), Liquigas-Cannondale, at 0:03
  • 4. John Gadret (FRA), Ag2r La Mondiale, at 0:06
  • 5. Joaquin Rodriguez Oliver (ESP), Team Katusha, at 0:06

Classificação Geral

  • 1. Alberto Contador Velasco (Spain), SaxoBank-Sungard, 77:11:24
  • 2. Michele Scarponi (Italy), Lampre-ISD, at 5:18
  • 3. Vincenzo Nibali (Italy), Liquigas-Cannondale, at 5:52
  • 4. John Gadret (France), Ag2r La Mondiale, at 7:53
  • 5. Kanstantsin Sivtsov (Belarus), HTC-Highroad, at 9:58

AMANHà

20ª Etapa: Verbania → Sestrière (242 km)  

Amanhã será a segunda maior etapa do Giro 2011. Serão 242km, maior parte plano, mas com duas subidas muito difíceis no final. A Colle delle Finestre, de Cat. 1 (18,6 km e 9,1%) e a Sestriere, Cat. 2 (10 km e 5,1%). O detalhe é que metade da subida do Finestre não é pavimentada, o que deixará as coisas bastante interessantes amanhã.

Altimetria


Assista Ao Vivo: 

Amanhã a partir de 07:15 da manhã!

http://videochat.gazzetta.it/index_giro.shtml

http://www.rai.tv/dl/RaiTV/

http://www.fromsportcom.com/v-2/6/20/v-262001.html

cyclingfans.com

Outras Etapas

Para ver informações sobre as outras etapas do Giro leia as matérias: Giro Etapas 1 a 7, Giro Etapas 8 a 14, Giro Etapas 15 a 21.

Giro d’Itália – 18ª Etapa: Eros Capecchi vence em etapa com mais de 45km/h de velocidade média

A etapa de hoje foi curta e extremamente rápida. Como a situação da Classificação Geral está bastante definida, os ciclistas estão tentando aproveitar esse “descanso” dos líderes, para tentar escrever seu nome no livro dos vencedores de etapas do Giro.

Hoje, assim como ontem, uma fuga saiu e o pelotão não fez grandes esforços para buscar os escapados. Eros Capecchi (Liquigas-Cannondale) venceu o sprint, de um grupo de três em que estava, junto com Marco Pinotti (HTC-Highroad) e Kevin Seeldrayers (Quickstep).

Um começo alucinante

Assim como ontem, a etapa teve seu início repleto de ataques de ciclistas tentando escapar. Isso fez com que a velocidade no início do trajeto, que era plano, subisse muito. A velocidade média na primeira hora de prova foi de 53km/h! Na segunda hora, foi um pouco menor.

Apesar de muitos esforços, a fuga só conseguiu se formar com 90km de prova. Um grupo de 17 ciclistas conseguiu se desprender do pelotão: Juntamente com Capecchi, Pinotti e Seeldrayers estavam Gianluca Brambilla (Colnago-CSF Inox), Paolo Tiralongo (Astana), Russell Downing (Sky), Jérôme Pineau (Quickstep), Alberto Losada Alguacil (Katusha), Bram Tankink (Rabobank), Dario Cataldo (Quickstep), Philip Deignan (Team RadioShack), Carlos Sastre Candil (Geox-TMC), Jesus Hernandez Blazquez (Saxo Bank Sungard), Jan Bakelants (Omega Pharma-Lotto), Oscar Gatto (Farnese Vini-Neri Sottoli), Luis Pasamontes Rodriguez (Movistar) e Angel Vicioso Arcos (Androni Giocattoli).

A fuga da fuga

No final da subida do Passo di Ganda, a única meta de montanha do dia, Pinotti, Seeldrayers e Capecchi atacaram e escaparam da fuga. Eles foram seguidos por Brambilla e Tiralongo, mas estes não conseguiram alcançá-los, mas conseguiram chegar escapados da fuga original.

O trio que liderava, se ajudou até faltarem 3km para o final Quando Marco Pinotti atacou e chegou a abrir uma vantagem considerável sobre os outros dois. Mas não conseguiu chegar escapado. Seeldrayers e Capecchi o alcançaram e grudaram na sua roda. O ataque de Pinotti fez com que os outros dois não quisessem revezar para chegar ao final. Faltando 250m, começou o sprint, Capecchi foi o mais rápido e venceu a etapa. Eles cruzaram a linha com mas de 45km/h de velocidade média durante o percurso.

Logo depois, chegaram Brambilla e Tiralongo, depois o resto da fuga original. O pelotão com o Camisa Rosa chegou mais de 6:00 depois dos líderes.

Vídeo dos últimos quilômetros

Resultados:

Classificação da Etapa

  • 1. Eros Capecchi (ITA), Liquigas-Doimo , 3:20:38
  • 2. Marco Pinotti (ITA), HTC-Highroad, s.t.
  • 3. Kevin Seeldraeyers (BEL), Quick Step, s.t.
  • 4. Gianluca Brambilla (ITA), Colnago-CSF, at 1:20
  • 5. Paolo Tiralongo (ITA), Astana, at 1:20

Classificação Geral

  • 1. Alberto Contador Velasco (Spain), SaxoBank-Sungard , 71:45:09
  • 2. Michele Scarponi (Italy), Lampre-ISD, at 4:58
  • 3. Vincenzo Nibali (Italy), Liquigas-Doimo, at 5:45
  • 4. John Gadret (France), Ag2r La Mondiale, at 7:35
  • 5. Kanstantsin Sivtsov (Belarus), HTC-Highroad, at 9:12

AMANHà

19ª Etapa: Bergamo → Macugnaga (209 km)  

Amanhã as coisas voltam a ficar mais difíceis de novo. Teremos uma etapa longa, com uma subida de 15km de categoria 1, a Motarrone e a chegada também será em subida. Mais de 20 km de subida de categoria 3 até chegar ao final da etapa.

Os líderes, nas últimas duas etapas, aproveitaram para dar uma “relaxada”, vamos ver o que acontece amanhã, faltando duas etapas para o Contra-Relógio Individual em Milano, que finalizará o Giro de 2011.

Altimetria


Assista Ao Vivo: 

Amanhã a partir de 07:15 da manhã!

http://videochat.gazzetta.it/index_giro.shtml

http://www.rai.tv/dl/RaiTV/

http://www.fromsportcom.com/v-2/6/20/v-262001.html

cyclingfans.com

Outras Etapas

Para ver informações sobre as outras etapas do Giro leia as matérias: Giro Etapas 1 a 7, Giro Etapas 8 a 14, Giro Etapas 15 a 21.

Giro d’Itália – 17ª Etapa: A fuga vinga! E rola briga durante o sprint

Hoje, apesar de ser uma etapa longa e com duas montanhas no final, muitos ciclistas consideraram hoje, um dia de descanso, depois do final de semana com subidas britais e a Crono-escalada. Isso somado com a Classificação Geral, praticamente definida, deu boas chances para que fugas vingassem. E foi o que aconteceu.

Com 50 km a fuga se formou.

Apesar do dia ser bom para os atrevidos que gostam de tentar a sorte, parecia que muita gente queria a mesma coisa. A fuga demorou a sair, foi uma série de ataques, buscadas, contra-ataques e buscadas outra vez, até que uma grande fuga se formou, no km 50 dos 230km da etapa.

O ciclista mais bem colocado na fuga era Kanstantsin Sivtsov (HTC-Highroad), que estava em 12•, 10:58 atrás de Contador. Junto com ele, na fuga, estavam: Christophe Le Mevel (Garmin-Cervélo), Jan Bakelants (Omega Pharma-Lotto), Robert Kiserlovski (Astana), Giovanni Visconti (Farnese Vini-Neri Sottoli), Jesus Hernandez Blazquez (Saxo Bank-Sungard), Eduard Vorganov (Katusha), Alberto Losada Alguacil (Katusha), Diego Ulissi (Lampre), Ben Gastauer (Ag2r La Mondiale), Hubert Dupont (Ag2r La Mondiale), Mathias Frank (BMC) e Fabio Taborre (Acqua & Sapone).

Apesar de a fuga não ter causado pânico no pelotão, Sivtov acabou o dia em quinto na CG, isso fez com que a Liquigas, equipe de Vicenzo Nibali, fizesse todo o trabalho de perseguição da fuga, para proteger a posição de seu capitão.

Durante a subida de categoria 3 para Aprica, já no final do estágio, a cooperação que acontecia na fuga parou, uma série de ataques se sucederam, mas apesar disso, somente Le Mevel sobrou. Já nos últimos km, Ulissi, Visconti, Lastras e Bakelants atacaram e conseguiram abrir uma pequena vantagem sobre os outros. Faltando 1000 metros para o final eles estavam a 15 segundos de vantagem do resto da fuga.

A briga na chegada

Faltando 700 metros, o quarteto se aproximava do final, quando Ulissi atacou e tentou vencer com o longo sprint. Não deu certo. Ele logo foi pego pelos outros três. Ulissi se recuperou e faltando 150 metros partiu novamente. Visconti, que estava em sua roda tentou ultrapassá-lo pela esquerda, mas Ulissi estava muito perto das barreiras, impedindo o campeão italiano de passá-lo.

Visconti começou a empurrar e dar murros em Ulissi, que parou de sprintar para olhar para trás, Visconti então venceu a chegada. Logo após o término, uma grande discussão se iniciou. A UCI decidiu tirar a vitória de Visconti e dá-la a Ulissi. Visconti ficou com o terceiro lugar atrás de Pablo Lastras (MovieStar)

Vídeo dos últimos quilômetros

Resultados:

Classificação da Etapa

  • 1. Diego Ulissi, Lampre – Isd, in 5:31:51
  • 2. Pablo Lastras Garcia, Movistar Team, at s.t
  • 3. Giovanni Visconti, Farnese Vini – Neri Sottoli, at s.t.
  • 4. Jan Bakelants, Omega Pharma-Lotto, at 4
  • 5. Fabio Taborre, Acqua & Sapone, at 8

Classificação Geral

  • 1. Alberto Contador Velasco, Saxo Bank Sungard, in 68:18:27
  • 2. Michele Scarponi, Lampre – Isd, at 4:58
  • 3. Vincenzo Nibali, Liquigas-Cannondale, at 5:45
  • 4. John Gadret, Ag2r La Mondiale, at 7:35
  • 5. Kanstantsin Sivtsov, HTC-Highroad, at 9:12

AMANHà

18ª Etapa: Morbegno → San Pellegrino Terme (151 km)  

A próxima etapa do Giro também será um alívio para a dura jornada que os ciclistas têm enfrentado. Uma etapa curta de 151 km, que contará com somente uma subida de categoria 2, com 9 km, a Passo di Ganda. O resto da etapa é basicamente plano.

Altimetria


Assista Ao Vivo: 

Amanhã a partir de 07:15 da manhã!

http://videochat.gazzetta.it/index_giro.shtml

http://www.rai.tv/dl/RaiTV/

http://www.fromsportcom.com/v-2/6/20/v-262001.html

cyclingfans.com

Outras Etapas

Para ver informações sobre as outras etapas do Giro leia as matérias: Giro Etapas 1 a 7, Giro Etapas 8 a 14, Giro Etapas 15 a 21.

Nuvem de tags