Posts marcados ‘francêsa’

Tour de France – Resultados da 11ª Etapa: Cavendish deu o troco! E levou a Camisa Verde

Ganhou a etapa e a Camisa Verde

Em uma etapa com muita chuva e uma chegada bem perigosa, Mark Cavendish deu na cabeça de todo mundo! Ele colocou duas bicicletas de vantagem sobre André Greipel, que venceu a chegada sobre ele na etapa de ontem. Com a vitória de hoje, Cavendish é o novo Camisa Verde.

O desenrolar da etapa

Em uma etapa de 168km na sua maioria plana, mas com duas subidas, uma de categoria 3 e outra de categoria 4. A fuga hoje demorou um pouco mais do que o de costume para se formar. Com 17km Tristan Valentin (Cofidis); Mickaël Delage (Fdj); Lars Boom (Rabobank); Andriy Grivko (Astana); Jimmy Engoulvent (Saur-Sojasun) e Ruben Perez (Euskaltel-Euskadi) saíram em uma fuga e só foram pegos faltando 3km para o final da etapa.

Faltando 15km para o final, a chuva começou a ficar muito forte. A Garmin e a HTC estavam na frente do pelotão, comandando a busca dos escapados. Quando a fuga foi pega, as equipes já estavam completamente armadas para o sprint. A HTC perdeu por alguns momentos a liderança da embalada e a Garmin começou a embalar. Na última curva, um atleta da Sky tomou a ponta e Mark Renshaw, o embalador de Cavendish, pulou em sua roda. 

O Sprint

Debaixo de muita chuva, Cavendish saiu da roda de Ranshaw e arrancou faltando 150 metros para o final, com Tyler Farrar (Garmin) e André Greipel (Omega Pharma-Lotto) em sua roda. Mas não teve pra ninguém! O baixinho britânico venceu com facilidade o sprint. Com os pontos adquiridos na vitória ele superou Joaquim Rojas(MovieStar) e Philippe Gilbert (Pharma-Lotto), que eram os dois primeiros na Classificação por Pontos.

Não houveram mudanças significativas na Classificação Geral.

Vídeo da chegada

Resultados

Etapa

  • 1. Mark Cavendish, Htc – Highroad, in 3h 46′ 07
  • 2. André Greipel, Omega Pharma – Lotto, at s.t.
  • 3. Tyler Farrar, Team Garmin – Cervelo, at s.t.
  • 4. Denis Galimzyanov, Katusha Team, at s.t.
  • 5. Boasson Hagen Edvald, Sky Procycling, at s.t.

Classificação Geral

  • 1. Thomas Voeckler, Team Europcar, in 45h 52′ 39
  • 2. Luis-leon Sanchez, Rabobank Cycling Team, at 1:49
  • 3. Cadel Evans, Bmc Racing Team, at at 02:26
  • 4. Frank Schleck, Team Leopard-Trek, at at 02:29
  • 5. Andy Schleck, Team Leopard-Trek, at at 02:37
Hoje mais tarde:
  • Fotos da 11ª etapa
  • Informações sobre a 12ª Etapa

Tour de France – Resultados da 10ª Etapa: Cavendish não aguenta e Greipel vence!

Mais uma queda… e depois uma fuga

No início da etapa, uma queda derrubou vários ciclistas, incluindo Fabian Cancellara, Levi Leipheimer, Robert Gesink e Christian Vande Velde, nenhum deles se machucou e logo seguiram viagem.

Logo após a queda, seis atletas formaram a fuga do dia: Rémy Di Gregorio (Astana), Marco Marcato (Vacansoleil-DCM), Arthur Vichot (Fdj), Sébastien Minard (Ag2r) , Anthony Delaplace (Saur-Sojasun) e Julien El Fares (Cofidis). Os escapados chegaram a abrir 4 minutos do pelotão.

Faltando 50km para o final de etapa, a HTC e a BMC iniciaram o trabalho de busca da fuga. Faltando 42km a diferença era de 1:30 entre os escapados e o pelotão. Na subida do Côte de Mirandol-Bourgnounac, última subida do dia a fuga foi pega.

Mais uma fuga e a chegada

Assim que o pelotão chegou na fuga Gilbert atacou e abriu certa vantagem, Voeckler, Dries Devenyns, Tony Martin e Tony Gallopin se juntaram a ele e passaram no topo da subida 11 segundos na frente do pelotão.

Apesar do dia cheio de subidas, os sprinters conseguiram chegar no final de etapa junto com o grupo. A HTC garantiu que os 5 escapados não fossem longe e 5km para o final eles foram pegos pelo pelote. Daí então as equipes começaram a trabalhar para a chegada.

A HTC acabou se precipitando e deixou Cavendish sem embalador no último km. Um ciclista da Omega Pharma Lotto vinha embalando e Greipel estava colado na roda de Cavendish. Faltando 200 metros para a chegada Cavendish sprintou, mas aparentemente as subidas do dia foram demais para o britânico. André Greipel que vinha em sua roda acabou vencendo o sprint por meia bicicleta e Cavendish ficou em segundo.

nota da corrida: Johnny Hoogerland que acabou se embaraçando em uma cerca de arame farpado, após ser atropelado por um carro de imprensa na 9ª etapa e levou 33 pontos na região das pernas e nádegas, se recuperou, largou hoje e conseguiu manter a liderança na Camisa Braca com Bolinhas (Líder de Montanha)

Vídeo da chegada

Resultados

Etapa

  • 1. André Greipel, Omega Pharma – Lotto, in 3h 31′ 21
  • 2. Mark Cavendish, Htc – Highroad, at s.t.
  • 3. Joaquin Rojas Jose, Movistar Team, at s.t
  • 4. Thor Hushovd, Team Garmin – Cervelo, at s.t.
  • 5. Romain Feillu, Vacansoleil-Dcm, at s.t.
Classificação Geral
  • 1. Thomas Voeckler, Team Europcar, in 42h 06′ 32″
  • 2. Luis-leon Sanchez, Rabobank Cycling Team, at 01:49
  • 3. Cadel Evans, Bmc Racing Team, at 02:26
  • 4. Frank Schleck, Team Leopard-Trek, at 02:29
  • 5. Andy Schleck, Team Leopard-Trek, at 02:37
Hoje mais tarde:
  • Fotos da 10ª etapa
  • Informações sobre a 11ª Etapa

Tour de France – Resultados da 9ª Etapa: A bruxa tá solta no Tour de France

Uma dia terrível para os ciclistas

A etapa de hoje foi marcada por quedas muito feias, abandonos e uma ato de irresponsabilidade de um carro da imprensa francesa.

Thomas Voeckler, que tem sido o atleta mais combativo do Tour, integrando fugas em praticamente todas as etapas, teve seu trabalho compensado na etapa de hoje. Ele e mais dois ciclistas chegaram escapados a quase quatro minutos do pelotão, dando a Voeckler a Camisa Amarela.

Os problemas do dia

O primeiro grande problema do dia foi uma grave queda a 100 km do final da etapa, onde os ciclistas caíram a mais de 70km por hora durante uma descida molhada. Alexander Vinokourov (Astana), Dave Zabriskie (Garmin-Cervélo), Jurgen Van den Broucke e Frederik Willems (Omega Pharma-Lotto), foram ao chão nessa queda.

Vinokourov foi o que levou a pior na queda, ele saiu da estrada e rolou barranco abaixo por dentro de uma mata. O ciclista da Astana está com uma provável fratura no fêmur. Dave Zabriskie teve o pulso quebrado. Van den Broucke deslocou o ombro.

A grande vergonha do dia foi o carro da imprensa francesa, que atropelou um ciclista da fuga faltando 22 km para o final da etapa. O carro atingiu Juan Antonio Flecha (Sky) e Johnny Hoogerland (Vacansoleil). Hoogerland acertou uma cerca de arame farpado. Apesar da gravidade da queda os dois ciclistas conseguiram seguir e terminar a etapa.

Andreas Klöden, Cadel Evans, David Millar, Christian Vande Velde e Alberto Contador também se envolveram em quedas durante a etapa mas continuaram na etapa.

Johnny Hoogerland após o atropelamento

A fuga vencedora.

A fuga que se formou após a primeira meta de montanha do dia e não foi mais alcançada. Faltando 20km para o final, a fuga ainda mantinha uma vantagem de 4:00 para o pelotão. O percurso com muitas subidas e a grave queda que aconteceu no começo da etapa dificultou o trabalho do pelotão, que chegou 3:59 atrás da fuga.

A fuga que inicialmente tinha cinco ciclistas, após o atropelamento, terminou só com três atletas. Luis-Leon Sanchez foi o vencedor da etapa e Thomas Voeckler conseguiu ficar com a liderança da competição e é o novo Camisa Amarela.

Resultados

Etapa

  • 1. Luis-Leon Sanchez, Rabobank
  • 2. Thomas Voeckler, Team Europcar, at 0:05
  • 3. Sandy Casar, Fdj, at 0:13
  • 4. Philippe Gilbert, Omega Pharma-Lotto, at 3:59
  • 5. Peter Velits, HTC-Highroad, at 3:59
Classificação Geral
  • 1. Thomas Voeckler, Team Europcar
  • 2. Luis-leon Sanchez, Rabobank Cycling Team, at 1:46
  • 3. Cadel Evans, BMC Racing Team, at 2:26
  • 4. Frank Schleck, Team Leopard-Trek, at 2:29
  • 5. Andy Schleck, Team Leopard-Trek, at 2:37
Hoje mais tarde:
  • Fotos da 9ª etapa
  • Informações sobre a 10ª Etapa

Incrível: Aos 52 anos, Jeannie Longo é Campeã Francesa de Contra-Relógio pela 11ª vez

A lenda do ciclismo frances Jeannie Longo, aos 52 anos, venceu pela 4ª vez consecutiva a medalha de ouro do Campeonato Francês de Contra-Relógio.

Em um percurso de 19 quilômetros, Jeannie venceu facilmente suas adversárias, que tinham metade de sua idade. Ela colocou 42 segundos de diferença sobre a segunda colocada e 52 segundo sobre a terceira. Essa foi a 11ª vitória do Campeonato Francês de Contra-Relógio na carreira da ciclista.

Vejam o Curriculum invejável de Jannie

Jogos Olímpicos

  • Estrada: Ouro, 1996; Silver, 1992
  • Contra-Relógio: Prata, 1996, Bronze, 2000

Mundial UCI 

  • Estrada: Campeã Mundial, 1985, 1986, 1987, 1989, 1995
  • Contra-Relógio: Campeã Mundial, 1995, 1996, 1997, 2001

Mundial de Pista UCI 

  • Por Pontos: Campeã Mundial,1989
  • 3 km Perseguição: Campeã,1986, 1988, 1989; Prata, 1984, 1985, 1987; Bronze, 1981, 1982, 1983

Mundial de Mountain Bike UCI :

  • Cross-county: Prata, 1993

Campeonato Francês de Estrada

  • Estrada: 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988 1989, 1992, 1995, 2006, 2008
  • Contra Relógio: 1995, 1999, 2001, 2002, 2003, 2006, 2008, 2009, 2010, 2011

Tour ciclistico Feminino

  • 1987, 1988, 1989

Desafio das mulheres

  • 1991, 1999

Record Mundial da Hora

  • 2000 Na cidade do Méxixo (45.094 kph)

 

 

Nuvem de tags