Posts marcados ‘Felt’

As Tops do Contra-Relógio – Felt DA 2011

A Felt DA 2011

Após dois anos de desenvolvimento, a Felt DA 2011 traz uma série de modificações que prometem resultados bem expressivos. De acordo com os projetistas, a bicicleta é 14% mais aerodinâmica e 13% mais rígida do que o modelo anterior. Apesar de ter 25% mais de área em seu quadro, ela só pesa 2% a mais que a DA 2010.

De acordo com a Felt, sem os modernos programas de design virtual e potentes computadores, não seria possível desenvolver a bicicleta da forma como foi feita. O programa CFD (Computational Fluid Dynamic), muito utilizado pelos projetistas da Fórmula 1 e diversas empresas automobilísticas, foi fundamental na construção da bicicleta. O programa permite que alterações sejam feitas no projeto da bicicleta, de forma que o computador gera resultados sobre alterações em todas as partes da bicicleta, conseguindo inclusive trazer informações sobre os impactos na interação com as rodas e o ciclista.

Vejam a equipe de desenvolvimento em ação:

Para comprovar os dados do CFD, a Felt levou sua nova máquina para uma bateria de testes no San Diego Low Speed Wind Tunnel, famoso laboratório de testes de aerodinâmica dos Estados Unidos.

Todo esse trabalho têm um preço, a Felt DA 2011 custa 12.499 dólares nos EUA.

Lazy S Tubes

Tanto o Downtube, quando o Seat tube utilizam o novo design “Lazy S”, que permite que o ár passe de forma mais fluida pelos tubos da bicicleta, diminuindo a turbulência no quadro e melhorando a performance da bicicleta. O seat tube utiliza o design em “S” para desviar o ár da roda traseira, melhorando a aerodinâmica da bicicleta.

Materiais Utilizados

O quadro da DA utiliza o Ultra Hybrid Carbon (UHC) Ultimate+Nano, que é uma combinação de carbonos com tramas de alta e média densidade, com uma resida de Nano Tecnologia que ajuda na junção entre as fibras de carbono. De acordo com a Felt, essa combinação permite que o quadro utilize menos material, seja resistente a impactos e muito rígido.

A bicicleta é montada através do processo e Construção Dinâmica de Monobloco (Dynamic Monocoque Construction). As seções da bicicleta são moldadas separadamente, depois unidas e consolidadas em uma peça única.

Outra inovação da bicicleta é a utilização de um poliuretano semi-rígido como molde para o quadro, o poliuretano preenche seções vazias e depressões geradas no processo de moldagem da bicicleta. Dessa forma, o interior do quadro não possui deformações nem excesso de materiais.

Componentes

A DA vem originalmente com o incrível cambio eletrônico DI2 da Shimano, mas pode ser montada com SRAM e Campagnolo.

Fotos


fotos: Matt Pacocha/BikeRadar.com


Anúncios

Nuvem de tags