Posts marcados ‘Altimetria’

Tour de France – Informações sobre a 21ª Etapa: A Grande Festa Final!

A coroação dos melhores de 2011!

A etapa de amanhã é simbolica para a Classificação Geral. A Camisa Amarela não mudará de dono, nem a Camisa Branca, nem a Branca com Bolinhas. A única camisa que será disputada amanhã será a Camisa Verde, que representa a competição por pontos. Além de uma meta volante, teremos a chegada, ambas valem pontos para a Camisa Verde, que ainda não tem dono definido.

Joaquim Rojas, o segundo colocado na disputa, ainda tem possibilidade de passar Mark Cavendish, o primeiro colocado.

A chegada na Champs-Elysées

A próxima e última etapa do Tour de France 2011 terá 95km de extensão, absolutamente planos. O pelotão sairá da cidade de Créteil, percorrerá 44km e entrará no circuito de 6km na Champs-Elysées no centro de Paris, no qual dará 8 voltas. Com 59,5km, teremos uma meta volante que contará pontos para a Camisa Verde.

O grande favorito para vencer a etapa de amanhã é o sprinter Mark Cavendish, que já venceu quatro etapas nesse tour e venceu as duas últimas finais de Tour na Champs-Elysées. Tyler Farrar (Garmin-Cervélo), Alessandro Petacchi (Lampre) e André Greipel (Pharma-Lotto) também são fortes candidatos ao título.

Informações sobre a etapa

Mapa

Altimetria

Anúncios

Tour de France – Informações sobre a 20ª Etapa: O dia da verdade!

A etapa decisiva!

As montanhas não foram suficientes para decidir o Tour de France 2011. Temos três candidatos para o título do Tour de 2011: O atual Camisa Amarela, Andy Schleck, seu irmão, Frank Schleck e Cadel Evans. Frank está 53 segundos atrás de seu irmão Andy e Evans está a 57 segundos. 

Apesar da distância de aproximadamente 1:00, Cadel Evans é um excelente contra-relogista e tem reais possibilidades de tirar essa diferença amanhã. Andy e Frank Schleck não são bons contra-relogistas, porém, ano passado Andy foi bem na etapa de CRI e surpreendeu todo mundo. Portanto é difícil de tirar conclusões.

O fator que está a favor de Evans é que o percurso será longo, 43km. Se Andy Schleck não estiver bem, a distância de 57 segundos pode ser retirada facilmente, se o percurso fosse curto seria mais difícil superar essa vantagem.

O percurso, esse é para especialistas!

A próxima etapa será uma volta de 42,5km, saído e chegando na cidade de Grenoble. O percurso não será totalmente plano, o que dificultará bastante as coisas. Após 20 dias de pauleira, os ciclistas terão de dosar bem a força durante as subidas do percurso, ou correm o risco de quebrar antes da hora.

As subidas do dia são as seguintes: 1) Assim que largarem os ciclistas entrarão em um falso plano de aproximadamente 3% de inclinação e 9km de extensão; 2) Será outro falso plano com 2,5% mas com 12,5km de extensão. Não são subidas difíceis, mas para conseguir ter o melhor tempo possível em uma etapa com esse tipo de relevo, é necessário uma grande experiência em provas de Contra-Relógio. Vamos ver quem será o melhor!

O favorito para a etapa de amanhã é o suíço Fabian Cancellara (Leopard-Trek), atual Campeão Mundial de Contra-Relógio. Outros fortes concorrentes são os ciclistas Tony Martin (HTC-Highroad) e David Millar (Garmin-Cervélo), ambos excelentes contra-relogistas.

Informações sobre a etapa

Mapa

Altimetria

Tour de France – Informações sobre a 19ª Etapa: O Alpe d’Huez

110km e três montanhas

A próxima etapa do Tour será bastante curta, porém com muita dificuldade. Além da lendária montanha Alpe d’Huez, o pelotão passará mais uma vez pelo Col du Galibier, só que pelo lado oposto que subiram na etapa 18 e também passarão pelo Col du Télégraphe.

Vejam as características das montanhas

  1. Km 26,5 – Col du Télégraphe (Cat.1) – 11,9km de extensão e 7,1% de inclinação;
  2. km 48,5 – Col du Galibier (HC) – 16,6km de extensão e 6,8% de inclinação;
  3. km 109,5 – Alpe d’Huez (HC) – 13,8km de extensão e 7,9% de inclinação.

Não tem nada definido no Tour, mas isso pode mudar amanhã!

Até agora, não é possível dizer quem será o vencedor do Tour, está tudo indefinido! Os principais candidatos são: Os irmão Schleck, Cadel Evans, Thomas Voeckler. Apesar dos Schleck serem melhores nas montanhas do que Cadel Evans, este é muito melhor no contra-relógio (etapa 20).

Thomas Voeckler o atual Camisa Amarela, que já foi desacreditado várias vezes, não é excelente em nenhum dos dois tipos de prova, mas aparentemente a liderança do Tour de France está fazendo com que Voeckler se supere em todos os terrenos. Portanto, não dá para descartá-lo da briga.

A próxima etapa pode definir o Tour, vamos esperar para ver no que vai dar!

Vejam a atual classificação

Informações sobre a etapa

Mapa

Altimetria

Tour de France – Informações sobre a 18ª Etapa: A etapa mais difícil do Tour 2011

Voltando para a França e subindo Muuuuuito!

Na 18ª etapa do Tour o pelotão largará de Pinerolo na Itália e irá até o Col du Galibier – Serre Chevalier na França. O percurso terá 200,5km e 3 monstruosas subidas Fora de Categoria (HC), sendo que uma delas leva para a chegada e E TEM SÓ 22,8KM! É mole? Essa será a etapa mais difícil do Tour de France 2011.

As subidas da etapa:

  1. km 107 – Col Agnel – 23,7km de extensão e 6,5% de inclinação;
  2. km 145,5 – Col d’Izoard – 14,1km de extensão e 7,3% de inclinação;
  3. km 200,5 – Col du Galibier – 22,8km de extensão e 5,9% de inclinação média;

A hora da verdade!

As próximas duas etapas serão decisivas para o Tour. A 19ª etapa passará denovo sobre o Galibier e o Alpe d’Huez. Será o Tira-Teima entre Alberto Contador e Andy Schleck, todos estão na expectativa para ver quem sobe mais! Contador que foi dado como morto no começo do Tour, já mostrou que está bem vivo. Nas últimas duas etapas de subida ele torceu o cabo e mostrou que ainda está na briga!

Para piorar as coisas, existe a possibilidade de neve no topo do Galibier. Com certeza os próximos dois dias serão de tirar o fôlego!

Informações sobre a etapa

Mapa

Altimetria

Tour de France – Informações sobre a 17ª Etapa: Vamos para a terra do Giro d’Itália!

Altos Alpes em direção a Itália

Em mais uma etapa de montanha passando pelos Alpes, a próxima etapa entrará em território italiano! No estágio de 179km, quando os ciclistas passarem pelo km 96, já estarão na Itália. O pelotão irá até a cidade de Pinerolo, mas antes de chegar lá, eles terão que superar 5 subidas categorizadas:

  1. 71,5km – Côte de Sainte-Marguerite (Cat.3) – 2,8km e 7,4%;
  2. 85,5km – La Chaussée (Cat.3) – 1,4km e 8,3%;
  3. 96,5km – Col de Montgenèvre (Cat.2) – 7,9km e 6,1%;
  4. 117km – Sestrières (Cat.1) – 11,1km e 6,3%;
  5. 171km – Côte de Pramartino (Cat.2) – 6,7km e 6%.

Essa será a única saída do território francês que o Tour fará esse ano. Na etapa seguinte o pelotão já virá em direção a França novamente. A cidade de Pinerolo já esteve no programa do Giro d’Itália diversas vezes, sendo que a última foi em 2009 e o vencedor do dia foi Danilo de Luca.

Informações sobre a etapa

Mapa

Altimetria

Nuvem de tags