Daqui a exatamente 1 mês, no dia 2 de Julho de 2011, começará a maior festa do ciclismo mundial, o Tour de France! Hoje, o Tour é o segundo evento esportivo mais assistido do mundo, só perdendo para a Copa do Mundo de Futebol. É praticamente uma religião para os franceses e para muitos países na Europa.

Como começou o Tour de France

O Tour de France foi criado em 1903, pelo jornalista Henri Desgrange, fundador do Jornal L’ Auto (atual L’Equipe), que utilizou a idéia de um de seus funcionários, Géo Lefèvre, que acreditava que ao realizar uma prova de ciclismo poderia aumentar a circulação do jornal.

Henri Desgrange aproveitou a idéia de Lefèvre, para fazer concorrência aos jornais Le Petit Journal e Le Vélo, que patrocinavam as corridas Paris-Brest-Paris e Bordeaux-Paris.

O Primeiro Tour de France

A primeira edição do Tour de France teve sua largada em Montgeron, em frente ao café Reveil Matin na periferia de Paris, às 15:16 do dia 1 de Julho de 1903 e terminou em Ville d’Avray, nos arredores de Paris, em frente ao Restaurant du Père Auto. Foram realizadas 5 etapas ligando Paris, Lyon, Marselha, Toulouse, Bordeaux e Nantes. Maurice Garin foi o vencedor do primeiro Tour de France, que terminou no dia 19 de julho, com média de 25,68km/h.

Por volta de 60 ciclistas participaram da primeira edição do Tour, somente 21 terminaram. O último colocado chegou 64 horas após o primeiro.

Maurice Garin

Nessa época, o Tour era a pior prova de sobrevivência que existia. Os ciclistas dormiam na beira das estradas, eram proibidos de receber qualquer assistência. No segundo ano do Tour em 1904, vários atletas foram desclassificados por pegar carona em um trem em parte do percurso.

O Tour vem sendo disputado anualmente desde então, somente durante os anos da Primeira e Segunda guerra, não foram realizadas edições da prova.

As montanhas

A primeira vez que o Tour passou por uma montanha, foi em 1910, nos Pirineus. Nesse ano, os ciclistas passaram por duas montanhas, o col d’Aubisque e o Tourmalet. Na época, o percurso que os atletas utilizaram eram caminhos não pavimentados, utilizados por mulas no transporte de cargas. Agora imaginem, subir 20 km de montanhas não pavimentadas, em bicicletas pesadíssimas, sem marchas, de pinhão fixo, sem apoio nenhum, com sacos de ferramentas pendurados o guidão e pneus sobressalentes envolta do tórax.

Quando Octave Lapize, um dos primeiros ciclistas a chegar no topo, cruzou a linha de chegada (andando), ele gritava: “Vocês são assassinos, vocês são assassinos malucos!”. Em protesto a organização da prova, por fazê-los passar por um sofrimento tão grande. Mas a organização da prova apostou a idéia e no ano seguinte, os Alpes foram incluídos no percurso do Tour de France.

Equipes e a Caravana Publicitária.

Em seu início, o Tour de France era uma corrida individual e qualquer pessoa que quisesse, poderia participar e foi assim até o ano de 1930, quando a primeira equipe se formou, a Alcyon. A partir de então os turistas e amadores foram afastados do Tour e as equipes nacionais passaram a competir. As disputas entre as equipes nacionais, que eram que continham números de atletas variados, seguiram até 1961. No começo as equipes podiam substituir membros no meio da competição, se alguém se machucasse, a equipe podia trocar seu ciclista por outro que não estava participando da corrida

Com a aumento de participantes com o surgimento das equipes, passou a ficar muito caro a acomodação e estrutura para acompanhar os atletas, os organizadores da prova precisavam de uma forma de financiar o evento. Foi quando as caravanas publicitárias começaram a surgir. Era praticamente um desfile de carnaval atrás do pelotão. Empresas privadas pagavam 50.000 francos para a organização da prova, para poder participar da caravana, que era composta de caminhões alegóricos, shows de malabarismo, acrobacias, motos e etc. Essas caravanas continuaram a acompanhar o Tour até a metade dos anos 60, quando surgiu a televisão e as propagandas televisivas.

Classificação por Camisas

A Camisa Amarela – Classificação Geral

A Camisa Amarela é data para o ciclista que possui o menor tempo acumulado com o passar das etapas. O primeiro camisa amarela da história, foi Eugène Christophe, em 1919. A idéia era vestir o líder com uma camiseta de cor diferente, para localizá-lo no pelotão facilmente. A cor amarela faz referência a cor das páginas do Jornal L’Auto, onde trabalhava o fundador do Tour de France.

Camisa Verde – Classificação por Pontos

No aniversário de 50 anos do Tour, em 1953, começou a competição por pontos, na época foi batizada de Grand Prix du Cinquentenaire. O primeiro ciclista a vencer a camisa verde foi Fritz Schaer. A pontuação era atribuída por vencedores de etapas e não por tempo. Posteriormente foram acrescentadas as metas volantes, sprints intermediários no percurso, que valiam pontos para a camisa verde.

Camisa Branca com bolinhas – Reis das Montanhas.

Premiação para os melhores da montanha foram estabelecidas desde 1934, porém a Camisa Branca com bolinhas só foi criada em 1975. Pontos são atribuídos a competição de montanha, para o ciclista que chegar primeiro no topo da montanha. O primeiro a utilizá-la foi Lucien Van Impe.

Camisa Branca – Classificação Geral para Jovens ciclistas

A Camisa Branca funciona exatamente como a Camisa Amarela, porém somente para ciclistas com menos de 25 anos. A competição para ciclistas jovens começou desde 1975, porém a Camisa Branca só foi utilizada a partir do ano 2000.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: