Matéria: SuperEsportes

foto: Bart Hazen

A ciclista brasileira Clemilda Fernandes teve um divisor de águas em sua carreira em julho de 2009. Na ocasião, ela foi pega no exame antidoping da Volta da Itália e foi suspensa. No entanto, a atleta continuou recebendo o Bolsa-Alteta, programa de benefício do Ministério da Educação, e terá que devolver R$ 68,4 mil aos cofres públicos.

A informação é do jornal O Estado de S. Paulo. Segundo a publicação, a fraude foi descoberta um mês atrás. Para continuar recebendo os benefícios do programa do governo brasileiro, é necessário que o atleta esteja competindo e em atividade.

A fraude também foi descoberta em relação à CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), que provavelmente omitiu a suspensão da brasileira para que continuasse a usufruir do Bolsa-Atleta. Ao todo, ela recebeu 28 parcelas do benefício.

Clemilda representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, antes te ter sido afastada das competições no meio do ano de 2009.

Anúncios

Comentários em: "Ciclista pega no doping terá que devolver R$ 68,4 mil em benefícios, aos cofres públicos" (1)

  1. Eu ainda acho que vai acabar em pizza essa história, mas enfim, seria uma bela punição. Quem sabe meteria um pouco de medo nos demais atletas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: