Em uma dia exaustivo, com 217 quilômetros a serem percorridos, mais de 3.000 metros de ganho de elevação pela frente e um sol escaldante na cabeça. O jovem Peter Sagan (Liquigas), que tem apenas 21 anos, venceu o sprint sobre Leigh Howard(HTC) e Ben Swift (Sky).

O desenrolar da prova

Muitos ataques logo no começo e na primeira meta de montanha do dia, a Laurels Grade, uma fuga de quatro ciclistas se formou: Oscar Freire (Rabobank), Christopher Froome (Sky), Daniel Martin (Garmin-Cervélo) e Chris Baldwin (Bissell).

Com 29 km, a fuga cresceu, Martin Velits (HTC-Highroad), Stefan Denifl (Leopard-Trek), Maarten Tjallingii (Rabobank), Jeff Louder (BMC), Brad White (UnitedHealthcare), McCarty e Jesse Anthony (Kelly Benefit) saltaram do pelotão, formando um grupo de 11 escapados.

Com 100 km de prova, uma forte queda ocorreu, derrubando um grande número de ciclistas, entre eles estavam Alex Dowsett (Sky); Gustav Larsson e Sebastian Haedo (Saxo Bank-Sungard); Ben Jacques-Maynes (Bissell); Alejandro Borrajo (Jamis-Sutter Home); Luca Damiani e Jacob Rytlewski (Kenda-5-Hour Energy). Dowsett quebrou a clavicula e abandonou a prova

Thor Hushovd também abandonou a prova. Ele declarou em seu site que não vinha se sentindo bem a alguns dias e que não iria continuar.

O pelotão não conseguia chegar

Comandado pela RadioShack, o grupo vinha em busca da fuga. Com 64 km, a vantagem da fuga era de 2:00. Com 40 km a diferença só tinha caído para 1:45.

Na última meta de montanha, McCarty, Freire e Denifl atacaram a fuga e formaram um novo grupo de escapado. Após o ataque, faltando 33 km para o final, a vantagem voltou a aumentar para 2:00 sobre o pelotão. Quando passaram pela meta, McCarty, vencedor da meta, acumulou os pontos necessários para segurar sua camisa e voltou para o pelotão. Freire e Denifl seguiram firmes.

Faltando 15 km para o final, a dupla ainda mantinha 2:00 minutos de vantagem, mas para o azar dos escapados, Denifl furou o pneu. Freire se viu sozinho com 15 km pela frente, sem ninguém pra revezar.

Não teve jeito, o pelotão chegou e foi para a chegada

Faltando 2,5 km para o final, Oscar Freire finalmente foi pego. Foi uma batalha e tanto, em alguns momentos, a impressão era que Freire chegaria escapado, mas uma série de subidas curtas nos últimos 10 km acabaram de esgotar as forças de Freire.

Com a fuga neutralizada, a chegada estava armada. Hincapie, atacou tentando se deslocar do pelotão, mas não foi a lugar nenhum. Logo em seguida, Vennel também tentou a sorte, conseguiu abrir uma vantagem boa, mas também não deu.

No sprint, Leigh Howard (HTC) foi o primeiro a partir, mas partiu de muito longe. Swift foi em sua roda e não conseguiu ultrapassa-lo. Peter Sagan que veio por fora, passou os dois ciclistas pela direita e venceu a etapa.

Vídeo dos últimos quilômetros


Resultados:

Resultados Etapa:

  • 1. Peter Sagan (Slo), Liquigas-Cannondale, 5:16:03
  • 2. Leigh Howard (Aus), HTC-Highroad
  • 3. Ben Swift (GB), Sky
  • 4. Paul Martens (Ger), Rabobank
  • 5. Alex Candelario (USA), Kelly Benefit Strategy-OptumHealth

Classificação Geral

  • 1. Chris Horner (RadioShack)
  • 2. Levi Leipheimer (RadioShack) at 1:15
  • 3. Tom Danielson (Garmin-Cervelo) at 1:22
  • 4. Christian Vande Velde (Garmin-Cervelo) at 1:29
  • 5. Rory Sutherland (UnitedHealthcare) at 1:30

6ª Etapa: Contra-Relógio individual

Vejam o vídeo da 6ª etapa!


Altimetria

Assista Ao Vivo: 

Amanhã a partir de 05:00 da tarde!

http://tracker.amgentourofcalifornia.com/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: