Na última quarta-feira (04), a UCI aprovou medidas para limitar quase que em 100% a utilização de agulhas durante eventos ciclísticos. Só será permitido o uso de agulhas com forte justificativa médica para tal. Isso é um esforço para dificultar ainda mais o doping de atletas.

A UCI batizou de “Política sem agulhas”, que proíbe a utilização de agulhas para injetar substâncias, como vitaminas, açucares, aminoácidos, enzimas e anti-oxidantes. Salvo casos onde exista uma justificativa médica que vá além de recuperação e melhora de performance.

As regras para a utilização de agulhas são as seguintes:

  1. A injeção deve ter justificativa médica, baseada em conhecimento científico recente e evidências baseadas na medicina. As justificativas devem incluir exames físicos feitos por um médico certificado e um documento de diagnóstico próprio indicando a medicação e forma de administração;
  2. Não deve haver nenhuma forma de tratamento alternativo sem injeções;
  3. A injeção deve respeitar as indicações do fabricante sobre o medicamento;
  4. A injeção deve ser administrada por um médico profissional certificado;
  5. A não ser quando recebidas em tratamento hospitalar ou exame clínico, as injeções devem ser reportadas imediatamente em forma escrita, não após 24 horas, para um médico da UCI.
As regras já estão valendo para o Giro, que começa amanhã dia 07/05.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: