A briga começou cedo hoje no Tour of Flander. Os ciclistas terminaram os primeiros 25Km com média de velocidade superior a 50Km/h. Algumas pequenas tentativas de fuga saíram, com 80Km, em Nokereberg onde começou a primeira das 18 subidas, havia uma fuga com seis minutos de vantagem sobre o pelotão. Nela estavam Roger Hammond (Garmin-Cervélo), Jeremy Hunt (Sky), Stefan van Dijck (Veranda’s Willems), Mitchell Docker (Skil-Shimano) e Sébastien Turgot (Europcar).

A Trek Leopard de Cancellara iniciou a perseguição dos escapados. O pelotão acabou se partindo em vários pedaços por conta dos paralelepípedos, ritmo forte e subidas que iniciavam muitas vezes com curvas estreitas e muito fechadas, o que fazia que alguns ciclistas chegassem a parar por conta do estrangulamento do pelotão.

No  Kwaremont, uma subida de 600 metros com 22% de inclinação, uma sequencia de ataques começou, Cancellara, Boonen, Flecha, Gilbert. Todos atacando, buscando, saltando…. Porém, após a subida, como nenhum dos favoritos haviam conseguido escapar, os ataques cessaram. A frente haviam três grupos: Liderando estavam Chavanel e Simon Clark, depois Boasson Hagen e Boom e mais atrás estava um grupo de 5 perseguidores: Soon Björn Leukemans (Vacansoleil), Baden Cooke (Saxo), Van Avermaet,  Hayman e Tom Leezer (Rabobank).

Faltando 42Km para o final da prova, Boonen deu um forte ataque sobre o pelotão, seguido imediatamente por Cancellara e Filippo Pozzato (Katusha). Quando o trio chegou o primeiro grupo de 5 ciclistas perseguidores, Cancellara passou atacando forte e foi embora. Buscou rapidamente Hagen e Boom, que não conseguiram acompanhá-lo. Chavanel também foi alcançado em pouco tempo. Este encaixou na roda do motor suíço e ali ficou pelos próximos 25Km.

Cancellara chegou a abrir mais de um minuto do pelotão. Porém, faltando 16Km, Cancellara começou a sentir as fortes subidas e a vantagem caiu para 12 segundos. Logo foram alcançados por GIlbert, Ballan, Leukemans, Staf Scheirlinckx Nuyens, Boonen e George Hincapie.

Faltando 4Km, Cancellara saiu mais uma vez e foi seguido por Chavanel e Nuyens. Boonen e Flecha tentaram buscá-los desesperadamente, mas não conseguiram. Cancellara tentou ganhar sprintando de longe, mas Nuyens e Chavanel que vinham de roda o passaram na linha de chegada.

A colocação final ficou assim:

1. Nick Nuyens (B), Saxo Bank-Sungard, 256.3km in 6:00:42
2. Sylvain Chavanel (F), Quick Step, s.t.
3. Fabian Cancellara (Swi), Leopard-Trek, s.t.
4. Tom Boonen (B), Quick Step, at 0:02
5. Sebastian Langeveld (Nl), Rabobank, at 0:08.
6. George Hincapie (USA), BMC, at 0:08
7. Björn Leukemans (B), Vacansoleil-DCM, at 0:08
8. Staf Scheirlinckx (B), Veranda’s Willems-Accent, at 0:08
9. Philippe Gilbert (B), Omega Pharma-Lotto, at 0:08
10. Geraint Thomas (GB), Sky, at 0:08

Segue o vídeo dos últimos 40 Kms

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: